Em ação, sem câmeras ou luzes

Postado em: 25 de Março de 2019 por Rotary Club de Juiz de Fóra-Norte

“Eu vou sempre que posso ao Marillac e me envolvo com as necessidades daquele local. Junto com Júlio César de Campos, diretor voluntário e a Fátima Fabre, administradora do Marilac, vi uns bancos de ferro e madeira, antigos, corroídos pelo tempo e achei que eram possíveis de recuperar. Com Júlio desmontamos os bancos precários. Depois chamei alguns amigos com habilidades e disposição para nos ajudar a reformar aquelas peças. Cada um doa, à sua maneira, sua contribuição às causas que o Rotary propaga. Uns doam seu tempo e suas habilidades, outros doam dinheiro e o resultado é uma entrega que nos dá a todos um sentimento de realização”. É o que conta Wolfgang Christian Mayer membro do Rotary Club Juiz de Fora Norte e o responsável pelo engajamento do Clube com Lar de Idosos Santa Luiza de Marillac. Seus companheiros do Clube dizem que Wolfgang é um exemplo do "Pessoas Em Ação", incentivado pelo Rotary.

Os bancos são apenas um ponto do projeto. O Lar de Idosos dispõe de 34 quartos no total, mas só 26 podem ser usados em função das condições precárias dos demais. Para colaborar e recompor os aposentos, Wolfgang, em 2018, foi rever seus amigos na sua cidade natal, Memmingen, Alemanha e conseguiu do Clube de Rotary de lá uma contribuição financeira para reformar pelo menos um destes aposentos. Simultaneamente, alguns companheiros do Rotary Juiz de Fora Norte também se juntaram nas contribuições para realizarem as obras. “O ambiente requer manutenção constante, seja na parte elétrica, na alvenaria, nos telhados, na rede de água e esgotos, na pintura, para que seus usuários tenham uma melhor qualidade de vida no local, destaca Wolfgang.

Espaço de convivência

Wolfgang conta que conseguiu com o amigo Cliber Heringer, da Madeireira Rio Pomba, as ripas já trabalhadas para a aplicação. Conseguiu também com o amigo Celso, da Serralheria Irmãos Kappel que preparasse os suportes de ferro, tirando-lhe as ferrugens e Ricardo Vital, da Vital Hair colaborou com os parafusos, a pintura e a montagem dos bancos.

Wolfgang e Ricardo 1

Ricardo Vital,  conta que puzeram “de fato a mão na massa. Wolfgang trouxe as peças, preparamos as madeiras e os suportes de ferro e montamos novamente os bancos. Ficaram novinhos, pintados com verniz náutico e desenferrujados”, relata Ricardo. Destaca ainda que “ajudar o amigo é uma forma de ajudar a todos. Fizemos o trabalho em dois finais de semana apenas para contribuir com a causa de um Lar de Idosos com um espaço de convivência mais bonito”.

 

Fotos

Localizar site dos clubes